Se você olhar as fotos dos murais de Shelley Miler, principalmente as mais distantes, vai jurar que são feitos de azulejos no melhor estilo português. Qual não é a surpresa ao descobrir que ela usa um saco de confeiteiro, tinta comestível e açúcar! Isso mesmo! Há quase uma década a artista canadense, que já fez vários trabalhos aqui no Brasil, surpreende os mais incautos com sua técnica apurada e cujos painéis não raramente acabam sendo devorados. E olha que em algumas partes do mundo torcem o nariz para seus arabescos, grafismos e tudo mais, já que consideram um desperdício o uso de um item muitas vezes raro como o açúcar. De qualquer forma, o trabalho da artista é de espantar. “Açucaradamente legaus”!

Link